quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Espetáculo "A Rosa" - Club dos Diários e Balde - 19 e 20 de Agosto


Com uma dança criada pela força de uma mulher que se movimenta artisticamente há mais de 16 anos, a bailarina e professora de dança Déborah Radassi estreia um trabalho baseado em suas experiências, referente à insistência de fazer coisas onde exista uma limitação. O que movimenta quando se está limitado? O sentimento, o pensamento, a pulsação e a energia vão além do que o corpo mostra ser capaz. Em cena ela revive suas frustações, pois no auge de sua carreira profissional como bailarina, três hérnias de disco surgiram na sua coluna, ao mesmo tempo em que um amor da sua família entra numa crise de depressão gravíssima, e ainda acabara de ser vítima da violência que assola o pais. Tudo isso é contado através das reações que tivera na qual estão vivíssimas no seu corpo e memória.

A rosa surgiu como intervenção urbana através de vídeo-dança em uma das pontes mais trafegadas da capital. A ponte Juscelino Kubitschek foi o local onde a artista escolheu para tentar equilibrar suas inquietações. Caminhando num espaço bastante limitado, entre a passarela de pedestres e a pista de carros, ela pôde buscar a coragem que tanto lhe faltava.

A rosa sai das ruas e instala-se em espaços alternativos, com limites para ela e sem limites para o espectador. Em cena é possível ver o amor, a dor e a felicidade brigando por um espaço se quer.

A rosa se prepara para superar todas as condições que os movimentos e desejos impõem a esta mulher. A Rosa alfineta os olhares de quem vê. Além de brincar com os sentimentos camuflados do espectador, ela presenteia as sensações insuportáveis do seu dia a dia. Vive e revive em sua eterna prisão limitando o refúgio e o corpo viciado a tudo que é inconstante.

Déborah Radassi realiza um trabalho peculiar de investigação. Sua forma de movimentação atiça as possibilidades de criação sobre a singularidade de um segmento corporal forte e brusco. A pesquisa desse trabalho submete a interferência de fatos externos que se estabiliza no corpo e reverbera internamente.

Os sentimentos dançam dentro da gente e a outra rosa te possibilitará ver!

FICHA TÉCNICA:

Concepção e Perfomance: Déborah Radassi
Direção: Samuel Alvis
Produção: Déborah Radassi
Confecção Figurino: Adriano Abreu
Sonoplastia: Samuel Alvis
Iluminação: Pablo Gomes
Fotografia: TVM Filmes

Ingressos: 20 inteira / 10 meia

APOIO: Escola de Dança Lenir Argento /Complexo Cultural Theatro 04 de Setembro / Casa da Cultura de Teresina / Balé da cidade de Teresina / Coletivo Piauhy Estúdio das Artes / Espaço Balde / TVM Filmes / HD Drone Mídia Aérea & Produções / TV cidade verde / Sesc Piauí

Informações: (86)98157-8557

Seja o primeiro a comentar.

Postar um comentário