sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Centenário de Dom Paulo Libório - Museu de Arte Sacra de Teresina - 1º a 30 de novembro



Museu de Arte Sacra Dom Paulo Libório
Rua Olavo Bilac, 1481 
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h
Entrada: R$1,00.
Telefone: 3226-4025.

O mês de outubro foi especial para o Museu de Arte Sacra de Teresina. Desde o dia 10, está sendo realizada um exposição para comemorar o centenário de nascimento do primeiro bispo piauiense, Dom Paulo Libório, que dá nome a casa. As peças ficarão expostas para visita popular até o dia 30 de novembro.


O local conta com peças que retratam a história da arte sacra no Piauí com um acervo que reúne mais de 2.500 peças. A maioria dos objetos era de propriedade do Bispo Dom Paulo Libório, com peças até do século XVII. Entre as peças estão objetos pessoais, documentos, objetos litúrgicos, entre outros.

Na abertura da exposição, no dia 10, foi realizada uma missa solene, em homenagem ao centenário de nascimento de D. Paulo Libório. Após a celebração, D. Jacinto Brito Sobrinho, Arcebispo de Teresina, entregou ao Presidente da Fundação Monsenhor Chaves, Lázaro do Piauí, e à Diretora do Museu de Arte Sacra D. Paulo Libório, Maria Amélia, em nome do ex-arcebispo D. Miguel Fenelon Câmara, o báculo doado por ele ao Museu de Arte Sacra.

Na mesma solenidade também foi doada ao museu, pelo Dr. Anastácio Rodrigues, Presidente do Instituto Histórico de Caruaru, um quinhão da terra do Monte Bom Jesus daquela cidade, onde D. Paulo Libório foi Bispo de 1949 a 1959. Anteriormente, o Museu já havia recebido da Arquidiocese de Teresina, a doação de paramentos do ex-arcebispo D. Avelar Brandão Vilela, peças de altar e um conjunto de estofado em estilo francês pertencente ao Palácio Episcopal de Teresina. Todas as peças recebidas já estão expostas no Museu.

Dom Paulo Libório nasceu em Picos, em 10 de outubro de 1913. Ingressou no seminário de Teresina em 02 de fevereiro de 1929. Ao terminar os estudos denominados “Humanidades” e Filosofia, em 1935, viajou a Roma para cursar a Sagrada Teologia, sendo ordenado sacerdote aos 8 de abril de 1939 na Patriarcal Basílica de São João do Latrão. De volta ao Brasil, ainda em 1939, em Teresina, foi nomeado professor do Seminário, depois Diretor do Colégio Diocesano. Em seguida, em 1942 foi eleito reitor do Seminário e, em 1943, Vigário Geral da Diocese de Teresina.

Dom Paulo foi o primeiro Bispo da Diocese de Caruaru. Tomou posse naquela Diocese em 15 de agosto de 1949, permanecendo no bispado até 1959, quando foi transferido para a Diocese de Parnaíba, no Estado do Piauí, onde permaneceu como Bispo até 1980. Dom Paulo Hipólito de Souza Libório faleceu em Teresina, no dia 31 de março de 1981 e foi enterrado no Cemitério São José, em Teresina.

Fonte: FCMC

Seja o primeiro a comentar.

Postar um comentário