segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Projeto "Autoral em Destaque" - Banda Clínica Tobias Blues

Em abril de 2006, Sandro Sertão e Renato Barros, que já não se viam há alguns meses, se encontraram em um sinal de trânsito e no tempo de uma troca do sinal conversaram. Renato disse:
- Ei, cara, vamos fazer uma banda de blues? Eu e meu sobrinho Douglas, que toca guitarra, estamos afim.
- Pode crer, tô sem fazer nada mesmo, conte comigo.

A idéia não ficou só no papo do sinal, logo estavam marcando o primeiro ensaio e escolhendo quatro canções pra ver como se saiam em estúdio.

A gana de tocar nos três membros já se mostrou ali nos primeiros dias de convivência. A rotina de ensaios era intensa nessa época: às vezes de quatro a cinco dias na semana. O tempo passou e a banda foi insistente em mostrar seu trabalho autoral. Ousou ao gravar cinco demos, todas lançadas na internet para audição e download. A coisa deu tão certo que as pessoas ouviam e baixavam as músicas, tendo hoje cerca de oito mil downloads em sites especializados. O buxixo foi se espalhando.

Música "New Country Blues"


Vieram então os contatos com os bluseiros de fora do Piauí que viram na banda um bom show pra mostrar em suas cidades. Houve as viagens para fora do Piauí, além de shows em vários municípios do nosso estado.

A banda resolveu em 2010 lançar seu primeiro cd pra valer, com inéditas, e gravado em casa. A repercussão do cd foi excelente, com milhares de acessos para audição no site “oi novo som”.

A banda consolidou um relevante público na capital. O privilégio dado às próprias composições, juntamente com interpretações de alguns mestres do Blues e amantes do estilo deu formato à banda. Sempre preocupada em criar, tornou-se também uma das mais produtivas e atuantes no cenário piauiense.

Com seis anos de existência, Clínica Tobias Blues começa a enumerar feitos em sua trilha rumo ao reconhecimento. A sua trajetória musical coleciona trunfos (ainda) pequenos, mas importantes para a solidez da carreira artística: primeira participação no Festival de Inverno de Pedro II (2008) nos cinquenta anos da Bossa Nova, a ida ao II Festival de Blues do Maranhão (2008), a inclusão da banda no grupo de artistas piauienses que foram para a I mostra de música do Piauí em Brasília (2008) e o consequente passeio pelo cenário musical do Planalto Central. Participou da II mostra BNB do Blues em Fortaleza (2009) e já retornou à capital cearense no mesmo evento no mês junho(2010), viagens a cidades do interior do estado como Picos(2009/2010/2011) e constantes participações no Circuito Cultural BNB de Pedro II.

Agora no segundo semestre de 2011,o segundo cd da banda já está em uma (pré) pré-produção e deverá trazer um trabalho mais maduro e consolidado do CTB, sempre prezando pelo blues e pelo rock retrô.

“É uma banda de três pessoas, aqui tudo se resolve fácil, há respeito e companheirismo. Cada um conhece sua função e a gana de tocar, ate hoje é a mesma do primeiro dia de ensaio. Ninguém faz corpo mole aqui , o sangue no olho ainda é o mesmo do primeiro dia”.

Portanto, pode-se dizer que a banda tem um passado importante, um presente atuante e um futuro ainda mais ambicioso, exatamente pelos feitos já realizados. Tocar, criar, integrar-se à cultura brasileira, visitar outros bares, centros, sítios. Enfim, desbravar o Brasil com a mais sábia arma que a humanidade já produziu: a arte.

INTEGRANTES E FUNÇÃO

Douglas Alexandre - Guitarra & vocal
Sandro Sertão - Baixo
Renato Barros - Bateria & vocal

Página para audição: http://palcomp3.com/ctblues/

Contato:
fone - (86) 8812 2222
email - zeezeel@hotmail.com
facebook: http://www.facebook.com/pages/Cl%C3%ADnica-Tobias-Blues/24430079629

Escute o cd do CTB aqui no oi novo som: http://www.oinovosom.com.br/clinicatobiasblues

4 comentários

Andre disse...

O Clínica Tobias Blues reune todas as qualidades que os grandes artistas se pautam: Talento, ousadia, organização e garra. Vida longa ao Clínica!

Fabricio l.c.c. disse...

A banda é incrível...quando vai ser o próximo show??

sandro sertao disse...

em breve em picos fabricio

sandro sertao disse...

obrigado andré

Postar um comentário