Pesquisar neste blog

https://1.bp.blogspot.com/-rBKwDq3-vQc/WVyEm-wwGtI/AAAAAAAAniA/Amp1A1qWsp4Qg43lgdnbkbrRfcZ0XBZiACLcBGAs/s1600/3.jpg    Os eventos e promoções estão sendo colocados no instagram
Grupo no Facebook               Grupo no Telegram               Grupos no Whatsapp

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Downloadeando - 10 discos mais VENDIDOS no Brasil

Você aí já se perguntou alguma vez na vida por questão de curiosidade qual seria o disco mais vendido da história da música mundial? Se você já pensou nisso com certeza achou facilmente a resposta de sua pergunta, estamos falando do 'Thriller' do Michael Jackson, que vendeu mais de 110 milhões de cópias vendidas em todo mundo. Mas e sobre o produto nacional? Já passou pela sua cabeça qual é o disco mais vendido na história da música brasileira? E o segundo? E o terceiro? Pois bem, hoje responderei, com muito pesar, esta vil pergunta.

As informações abaixo foram retiradas do livro 'Os Dez Mais', livro que reúne diversas listas sobre as mais variadas curiosidades, dentre elas uma lista um tanto quanto frustrante: "Os dez discos brasileiros mais vendidos". Os números foram retirados de acordo com a vendagem dos discos com dados das gravadoras. Números estes que, dificilmente com o advento do mp3 e da pirataria, serão batidos. A lista mostra um pouco da cultura brasileira, revelando as preferências musicais brasileiras do final dos anos 80 e durante os anos 90, anos da ascensão econômica do brasileiro, o início do consumismo e etc. Enfim, vamos a lista:

Eis aqui um dos fenômenos musicais dos anos 90, talvez uma das décadas mais decepcionantes da música brasileira. Eu sei que você aí já dançou e cantarolou 'Carrinho de Mão pa pa, parararara...' ou 'Nada mau, curtir o Terra Samba não é nada mau, iêêê...' (não me incluo nessa, ou se fiz nego até a morte).

Outro fenômeno noventista, porém para crianças e adolescentes. Todo mundo da nossa geração, literalmente, se divertiu vendo os caras cantarem no Faustão ou no Gugu 'Brasília Amarela', 'Robocop Gay', 'Vira-Vira', 'Sabão Cra-Cra' entre outras músicas que marcaram a infância de muitos que lêem esta simples coluna. O trágico destino dos rapazes acabou impedindo com que os mesmos aparecessem nessa lista mais vezes.

1986 não foi um bom ano. Foi em 86 que o mundo assistiu horrorizado a explosão do ônibus espacial Challenger, que a usina nuclear de Chernobyl explodui, que o PMDB elegeu 23 dos 24 governadores do País e que Maria das Graças Meneghel, atriz de pornochanchada infantil e outras coisas, passou a ser conhecida como Xuxa, a rainha dos baixinhos e que falava "axxim xa no anu de mil novexxentux e oitenta e xeix", ou seja, mais uma vertente para ver este ano não foi um bom período. Outra curiosidade: tentem refletir sobre a capa do disco.

Mais um disco que teve suas vendas impulsionadas por conta da tragédia. A dupla sertaneja era a mais popular da época se desfez com a trágica morte de Leandro devido a um câncer no cérebro e que, assim como com no caso dos Mamonas, comoveu o Brasil. Me lembro que assisti consternado a primeira vez que o Leonardo cantou ao vivo na TV após a morte, era moleque mas lembro bem. Um trecho de uma música desse CD chama muito minha atenção: "Eu não sei pra onde eu vou, pode até não dar em nada, minha vida segue o sol do horizonte dessa estrada...", me arrepia até hoje porque parecia uma despedida de um irmão ao outro.

Lembra que eu falei que a Xuxa já falava 'axxim' já em 1986, pois é, o segundo disco da loura que nessa época só namorava sub-celebridades como Pelé ou Ayrton Senna por amor ao caráter e a pessoa dos mesmos saiu no ano seguinte com o sugestivo nome de 'Xegundo Xou da Xuxa'. Novamente ênfase à pose da rainha dos baixinhos.

Olha ela aí de novo, agora posando dentro de um prato de sopa de macarrão, ao menos de longe parece, mas devem ser rosas, ou leite de rosas, ou alguma propaganda da Monange, enfim...

Esse ninguém me engana, não adianta fugir. Se você tinha mais de 5 anos em 1997 você adorava quando o Alexandre Pires entrava no palco com um chapéu de malandro, um bigodinho anos 50 cantando e sambando "Eu não tenho culpa, de comer quietinho, no meu cantinho boto pra quebraaar..." ou a polêmica "Tooou fazendo amoooor com oooooito pessoaaaaas...", ops, é "outra pessoa", mas tudo bem, fica mais legal assim. Enfim, o Só Pra Contrariar fez com que o pagode explodisse no Brasil, depois do SPC vieram bilhões de bandas iguaizinhas que faziam o mesmo sucesso. Era divertido, ficava o vocalista na frente fingindo que cantava e sete caras atrás dançando pra frente e pra trás dando sorrisos ou fingindo tocar alguma coisa. Enfim, a moda passou mas o Alexandre aí cantou e chorou pro Bush, venceu na vida.

Eu não entendo como esses caras conseguiam usar calças assim, sério. Era a moda sertaneja da época, calças 8 números menores, cintão de fivela, cara de predador sexual, aparições frequentes no Sabadão Sertanejo do Gugu dividindo o palco com a Gata Molhada...enfim, foi aqui que o sertanejo como conhecíamos nasceu, as tradicionais duplas sertanejas do interior se popularizaram entre o resto do Brasil. O fim da história o Luan Santana conta pra vocês.
Olha a rainha dos baixinhos aí novamente. Bem, tudo que foi falado aqui sobre ela foi apenas brincadeira, todos sabem que ela era um ícone para as crianças da época e influenciava na lobotomia infantil implantada neste período, enfim, a Xuxa é a artista mais vendida do Brasil. Deixo aqui a resposta deste fenômeno com uma onomatopéia bastante conhecida: "Plim Plim...".

A não ser que você venha de uma família agnóstica você certamente tem este CD em casa. Como sabemos vivemos em um estado laico e, na época, a igreja católica começava a perder espaço para as religiões protestantes, o que por aqui chamamos de 'evangélicos', daí veio o simpático padre cantor e reergueu a fé de muita gente. Daí o fato deste ser o disco mais vendido da história da música fonográfica brasileira. Erguei as mãos...

Enfim, não dá pra dizer que vivemos em um país de idiotas pelo gosto musical das pessoas, também não dá pra criticar quem escutou isso em algum período de sua vida porque enfim, todo mundo pode mudar e retrilhar seu destino, no mais como dificilmente algum outro cd lançado superará estas marcas viveremos talvez até o fim da vida com estas marcas.

Ps1: Já participou da promoção de natal da Downloadeando que sorteará o livro '1001 discos para ouvir antes de morrer'? Não? Pois clique AQUI, leia e veja como participar.

Ps2: Por favor, não leve os comentários nesta postagem como pessoais ou ofensivos, a mesma tem apenas cunho humorístico, grato.

Ps3: Crédito das imagens ao Blog "O Buteco da Net", do Humberto Oliveira, do IG.

Ps4: Siga-me em @willameee.

6 comentários

Anônimo disse...

Só tenho uma coisa a dizer: VOCÊ JÁ CANTOU TERRASAMBA QUE EU VI. ahuahauhauha Sou otária =x

Jônatas disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Cami Rabêlo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. PORRA WILL!

E eu também ja te vi cantando terra samba, nem vem! :X

João Victor disse...

Cade o disco "Rádio Pirata Ao Vivo" do RPM?
Esqueceram dele? Vendeu quase 3 mihões...

Unknown disse...

Que decepcionante. u.u
De qualquer forma, parabéns pelo post. Muito bom!

Unknown disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Ingles. Daienne

Postar um comentário