sábado, 1 de novembro de 2014

Mostra Cine Papoco - Galpão do Dirceu - 21 de Novembro



A Parada de Cinema promove o lançamento do sétimo filme da série Videobrasil Coleção de Autores, dirigido pelo cineasta cearense Karim Aïnouz sobre a obra do artista dinamarquês Olafur Eliasson

Galpão do Dirceu | 21 de novembro de 2014 | a partir das 21h

Durante os meses de novembro e dezembro, o Galpão do Dirceu tem programação extensa para encerrar o ano de atividades culturais e artísticas do espaço. Conhecido por ser um dos poucos lugares da cidade aberto para criação em espetáculos de dança e artes visuais, mantido sem verba de incentivo de políticas públicas, o Galpão do Dirceu juntamente com a Parada de Cinema, realiza a mostra Cine Papoco, no dia 21 de novembro, a partir das 21h, com filmes realizados por meio da parceria entre o Sesc São Paulo e Associação Cultural Videobrasil,.

Na programação da mostra serão exibidos três filmes: Boi de Salto (2014) da jornalista e produtora audiovisual Tássia Araújo; Um Olhar Sobre os Olhares de Akram Zaatari (2004), de Alex Gabassi; e Domingo (2014), novo filme de Karim Aïnouz. Estes dois últimos, são filmes que integram a série Videobrasil Coleção de Autores, coproduzida pela Associação Cultural Videobrasil e o Sesc São Paulo. A cada nova edicão, um diretor é convidado pela diretora e curadora geral do Videobrasil, Solange Farkas, a debruçar-se, com uma abordagem autoral, sobre a obra de artistas fundamentais para a arte contemporânea brasileira e mundial. A Coleção já enfocou o sul-africano William Kentridge, o libanês Akram Zaatari, a cubana Coco Fusco e os brasileiros Rafael França, Chelpa Ferro e a dupla MAU WAL (do brasileiro Maurício Dias e do suíço Walter Riedweg).


Diretor de filmes como Praia do Futuro, O Céu de Suely e Madame Satã, Karim Aïnouz foi convidado para dirigir Domingo, um curta-metragem que reflete, por meio de um registro artístico e poético, sobre possíveis relações entre as obras do artista visual dinamarquês Olafur Eliasson e os espaços públicos da cidade de São Paulo, explorando as experiências sensoriais que o encontro entre eles podem suscitar. A produção do curta-metragem de 26 minutos ficou a cargo da Coração da Selva.

O dinamarquês Olafur Eliasson, que ocupa posição internacional de destaque entre os artistas da contemporaneidade, tem uma obra e pesquisa voltadas para intervenções no espaço urbano, projetos arquitetônicos e processos de percepção e construção da realidade. Em Domingo, a sensação de vazio, ou melhor, de falta de locais de convivência humana na cidade, é transmitida pela escolha de registro de espaços públicos abandonados. Promessas de construção de praças, parques, quadras esportivas e playgrounds são reforçadas pelo preto e branco da imagem e pelo áudio que sugere sua ocupação ideal, como a expressão de um desejo de futuro, com vozes de crianças, canto de pássaros e barulhos de jogos de futebol e basquete.

O segundo filme da série Videobrasil Coleção de Autores a ser exibido pelo Cine Papoco é Um olhar sobre os olhares de Akram Zaatari, com direção de Alex Gabassi. Akram Zaatari é um ativo articulador da nova cena libanesa, marcada por parcerias e multidisciplinaridade. Nos anos de guerra civil no Líbano, Akram Zaatari, registrou o cotidiano num diário explosões, abrigos e, também, aulas na auto-escola e a compra de um carro: “as contradições da vida que continua em áreas de conflito”, diz ele. O diário foi o primeiro contato com a produção de imagens, centrais nos vídeos e nas instalações que faria em seguida. Sua obra, marcada pelas mudanças no país, tem como temas chave sexualidade, política e história.

Além da exibição dos filmes, nessa edição, o Cine Papoco conta com a participação do artista e músico percursionista Fagão Silva, que apresenta o projeto Patota Suingue de Umbigada, e o DJ Sérgio Donato, conhecido por construir trilhas sonoras “visuais”.

Buscando sempre proporcionar um ambiente de imersão visual e sensorial ao público, o conceito do evento busca criar um ambiente que se aproxime dos filmes exibidos, construindo um espaço lúdico e de liberdade. A entrada custa R$10,00 inteira e meia R$5,00. Toda a bilheteria será revestida para manter o Galpão do Dirceu.

A Parada de Cinema é uma mostra audiovisual gratuita, que tem o intuito de difundir e democratizar o acesso ao cinema brasileiro contemporâneo. Em 04 dias de evento trouxe à Teresina em abril deste ano, mais de 09 filmes nacionais, com grande repercussão nacional e internacional, como: Cidade Cinza (SP-2012), de Marcelo Mesquita, Guilherme Valiengo; Pinta (BA-2013) de Jorge Alencar; Em trânsito (PE-2012), de Marcelo Pedroso. Exibiu também 04 filmes da Escola de Cinema de Cuba e ainda mais 20 filmes piauienses. Em julho realizou a I Mostra Transviada de Cinema, onde exibiu Tatuagem (2013-PE), de Hilton Lacerda.

Colaboração Cine Papoco, artistas @galpãododirceu: Allexandre Santos, Jacob Alves, Soraya Portela, Rosa Prado.

Seja o primeiro a comentar.

Postar um comentário