segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Cine Doroteu - Filmes para a 2ª semana de Fevereiro



FILMES PARA A 2ª SEMANA DE FEVEREIRO

PELOS OLHOS DE MAISIE * * * *
[What Maisie Knew, EUA, 2012]
Drama
99 min
Difícil não se envolver com essa "atualização" do livro escrito por Henry James em 1897 sobre um divórcio a partir do olhar da jovem personagem-título. Em grande parte, deve-se ao acertadíssimo casting: da menina Onata Aprile conduzindo o espectador com segurança a Alexander Skarsgard e Joanna Vanderham como contrapontos afetivos aos pais egoístas feitos por Steve Coogan e Julianne Moore. Sem cair no melodrama, o filme nos coloca na pele de alguém a observar o confuso, e muitas vezes cruel, “mundo dos adultos” em busca das referências possíveis para não perder a ternura da infância.


NEBRASKA * * * *
[Idem, EUA, 2013]
Drama
115 min
O roteiro simples – mas pontuado por detalhes preciosos – de Bob Nelson se transforma num filme lindo graças à direção madura de Alexander Payne e as atuações marcantes de Bruce Dern e June Squibb. O tema do pai e filho numa viagem de aproximação é recorrente, contudo há um frescor no modo como é lidada. Além disso, Payne é ótimo para equilibrar drama e humor, vide seus trabalhos anteriores. O resultado comove sem qualquer traço de melodrama.

PHILOMENA * * * *
[Idem, GB/EUA/FRA, 2013]
Drama
98 min
Judi Dench está ótima no papel-título dessa narrativa enxuta, humana e surpreendentemente bem humorada, mesmo com um tema tão delicado. É baseado no livro do jornalista Martin Sixsmith, interpretado por Steve Coogan, produtor e coautor do roteiro. Stephen Frears dirige no tom certo para evitar o melodrama, e é incrível como funciona bem, apesar de abordar religião, sexualidade, culpa. A história é real e o filme, imperdível.

OPERAÇÃO SOMBRA – JACK RYAN * * ½
[Jack Ryan: Shadow Recruit, EUA/RUS, 2014]
Ação
105 min
Com o roteiro original adaptado para o personagem do escritor Tom Clancy, resulta num filme de ação absorvente. Nada além disso. A trama genérica ressuscita a Rússia como vilã – personificada por Kenneth Branagh, que também dirige. Depois de Alec Baldwin, Harrison Ford e Ben Affleck, o insosso Chris Pine assume o papel do protagonista em mais uma tentativa de reboot. Mas não tem nada do espírito de Clancy, falecido em 2013. Incrível como forçam a barra descaradamente para encaixar Keira Knightley na aventura. O lado bom é a produção ser enxuta o suficiente para desopilar sem maiores traumas.

UM HOMEM QUALQUER * ½
[Idem, BRA, 2009]
Comédia
90 min
Uma bagunça de ideias que se entrecruzam sem aprofundamento ou mesmo coerência narrativa nessa comédia dramática brazuca. Escrita e dirigida por Caio Vecchio, até arrisca levantar questões interessantes – nenhuma original –, mas são apenas jogadas ao vento por um plot sem estrutura e fraquinho. No elenco, Eriberto Leão, Nanda Costa, Carlos Vereza.

__________
Péssimo * Desastre *½ Fraco ** Assistível **½ Bom *** Acima da média ***½ Ótimo **** Quase lá ****½ Excelente *****


3 comentários

Joao Lopes disse...

Onde vejo esses filmes?

Joao Lopes disse...

Onde vejo esses filmes?

Jônatas Freitas disse...

Alguns não estão no cinema, mas são encontrados em blu-rays, dvds e tv a cabo

Postar um comentário